10 curiosidades sobre o Popeye

1. O marinheiro Popeye apareceu pela primeira vez em 17 de janeiro de 1929 numa tira de um jornal de Nova York (EUA). Foi criado por Elzie Crisler Segar e é considerado o primeiro super-herói da história.

2. Segar assinava os quadrinhos com o desenho de um charuto, que em inglês é "cigar". Trata-se de um trocadilho com seu nome.

3. Popeye ajudou a vender espinafre nos Estados Unidos. No auge da fama, o consumo do vegetal aumentou 30%. Por isso, os produtores lhe dedicaram uma estátua de 1,80 metros em Crystal City, no estado do Texas, Estados Unidos.

4. Apesar da fama, sua força não vinha do espinafre inicialmente. Nos primeiros quadrinhos ele precisava esfregar as penas de sua galinha de estimação, chamada Bernice the Whiffle. A mudança aconteceu em 1932. Em alguns episódios ele afirma ser um ancestral de Hércules e que a força do herói grego vinha do seu consumo de alho.

5. Além de força, o espinafre já apareceu em algumas oportunidades fornecendo outras habilidades para a personagem: dentre elas, se tornar um grande dançarino e também um grande pianista.

Livro reúne curiosidades sobre super-heróis.

6. O personagem estreou no cinema em 1933, em um desenho animado estrelado também por Betty Boop. Em 1935, ganhou um programa na rádio NBC.

7. Os desenhos do marinheiro chegaram ao Brasil em 1936. Nas primeiras tirinhas publicadas, chama-se Brocoió.

8. O Popeye foi o primeiro mascote do Flamengo. Na década de 1940, o chargista argentino Lorenzo Mollas achou que a persistência do personagem tinha tudo a ver com o rubro-negro. Na década de 1960, os torcedores rubro-negros resolveram responder às ofensas dos rivais, que os chamavam de "urubus", adotando o animal como mascote e aposentando o marinheiro flamenguista. Ainda assim, a Fla-Capixaba, torcida do clube mais popular do país no Espírito Santo, ainda traz Popeye em seus símbolos e faixas.

9. Popeye se casou duas vezes com Olívia Palito. A primeira, em 1983, não foi bem aceita pelos leitores, porque colocava um fim no triângulo amoroso entre o marinheiro, a mocinha e Brutus. A segunda vez ocorreu em 1999. Desta vez, o casório apareceu em uma trama no estilo "o que aconteceria se".

10. Vários dos episódios da série foram censurados após a II Guerra Mundial. Nesse período, ele se vestia de preto e ofendia soldados japoneses. O racismo contra os orientais e os afro-americanos era latente em várias passagens. Em um dos episódios, ele e Brutus engolem juntos uma lata de espinafre para derrotar soldados japoneses.