A origem do Dia da Televisão

A primeira transmissão de TV aconteceu no dia 26 de fevereiro de 1926, quando o escocês John Logie Baird, considerado o pai do aparelho, apresentou um modelo mecânico de TV em Londres, Inglaterra. No entanto, a data dedicada à televisão é 11 de agosto, dia de Santa Clara, padroeira da TV. Nascida em Assis, Itália, em 1194, Clara abandonou a família rica para seguir São Francisco de Assis, e, como o mosteiro não permitia mulheres, se enclausurou no Convento de São Damião, onde criou a Ordem das Clarissas. De acordo com a história, em 1252 (um ano antes de sua morte), ela já estava velha e doente demais para ir à missa. No entanto, podia acompanhá-la de seu quarto, já que as imagens da cerimônia se projetavam nas paredes, e este teria sido o primeiro "programa de TV" da história.

A ONU, no entanto, declarou como Dia Mundial da Televisão o dia 21 de novembro. É uma homenagem ao primeiro Fórum Mundial de Televisão, que aconteceu em 1996 e foi promovido pela ONU. O objetivo da comemoração é promover um intercâmbio entre programas de televisão que enfocam questões como a paz, a segurança e o desenvolvimento econômico e social, e incentivar a troca de informações culturais.

Em São Paulo, a televisão é lembrada no dia 18 de setembro. A data marca a inauguração da TV Tupi Difusora de São Paulo, em 1950. No dia 3 de abril do mesmo ano, houve uma pré-estreia, com bênção do frei José Mojica, mas na noite de 18 de setembro é que a emissora iniciou sua transmissão. Mil pessoas foram convidadas por Assis Chateaubriand, proprietário da Tupi, para assistir ao evento. Cerca de 200 aparelhos de TV foram espalhados nas casas de poucos escolhidos, e alguns foram para as vitrines das Lojas Cassio Muniz.