10 curiosidades sobre a Princesa Diana

1. Quando criança, Lady Di teve babás bastante desequilibradas. Uma delas chegou a perseguir o pai da princesa com uma faca.

2. A rainha Elizabeth, por ocasião do anúncio de noivado entre Diana e Charles, levou a garota ao seu ginecologista para comprovar se ela era virgem.

3. Pouco antes de se casar, Lady Di sofreu de bulimia. Ela chegou ao altar 7 quilos e meio abaixo do peso.

4. Charles e Diana não puderam dizer o famoso "Enfim, sós". Eles passaram a lua-de-mel a bordo do iate real "Britannia", numa viagem pelo mar Mediterrâneo. Estavam acompanhados de 21 oficiais e 256 marinheiros.

5. Diana confessou que tentou se suicidar cinco vezes. Na primeira, seis meses depois do casamento, ela se atirou do alto de uma escada. Depois jogou-se contra um armário de vidro, cortou os pulsos com uma lâmina de barbear e, durante uma discussão com Charles, cortou o peito e as coxas com um canivete.

6. Um dos perfumes preferidos da princesa Diana era o Isis, de Jan Moran. A fragrância, criada especialmente para ela, foi desenvolvida na Inglaterra pelo perfumista William Owen III. O perfume é uma combinação de rosas brancas e violetas, flores da região onde Diana nasceu.

7. Diana chamava Charles de "Cara-de-Peixe", por causa da indiferença com que o marido a olhava.

8. Em 6 de julho de 2004, a rainha Elizabeth II inaugurou uma fonte em homenagem à princesa. Ela está localizada no Hyde Park, em Londres, Inglaterra. Foi a primeira vez que a família real e parentes de Diana se reuniram desde os funerais da princesa, em 1997, na Catedral de Westminster, quando o irmão de Diana criticou a realeza pela maneira com que a tratavam em vida.

9. Uma biografia escrita por Simone Simmons e publicada em junho de 2005 diz que a princesa teve um caso com John F. Kennedy Jr., filho do presidente norte-americano John Kennedy e sua esposa, Jacqueline. Os dois teriam se conhecido em 1995, durante uma visita da nobre a Nova York, Estados Unidos. John queria entrevistá-la para sua revista, a "George". Apesar de se recusar a dar o depoimento, Diana o convidou a subir em sua suíte, e o casal acabou indo para cama juntos.

10. Em setembro de 2005, o jornal inglês "Daily Express" anunciou que o corpo da princesa foi embalsamado apenas uma hora após a sua morte para ocultar uma gravidez. Segundo a reportagem, Diana estaria esperando um filho de Dodi al Fayed. A decisão teria sido tomada por representantes do governo do primeiro ministro britânico Tony Blair e da Família Real.