Fatos do dia

1849 - Um tribunal russo condenou o escritor Fiodor Dostoievski à morte por supostas ligações com grupos radicais. A execução foi suspensa no último minuto.

1918 - A Hungria tornou-se um país independente com a queda do Império Austro-Húngaro no fim da Primeira Guerra Mundial.

1933 - Franklin Roosevelt, presidente dos Estados Unidos, estabeleceu relações diplomáticas com a União Soviética.

1940 - A Inglaterra iniciou uma série de bombardeios contra a cidade alemã de Hamburgo, deixando 50 mil mortos.

1945 - A Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura, a UNESCO, foi criada para incentivar a cooperação técnica entre os Estados membros.

1963 - Com um gol de Dalmo, o Santos venceu a partida de desempate contra o Milan, no Maracanã, e levou o bicampeonato mundial.

1965 - A espaçonave Vênus III, lançada pela União Soviética, atingiu seu destino, tornando-se a primeira a aterrissar em outro planeta.

1975 - Às 7h30, foi implodido o edifício Mendes Caldeira, na Praça da Sé, em São Paulo (SP). Para pôr abaixo o prédio, que atrapalhava a construção da Estação Sé do Metrô, foram usados 360 quilos de tritonita, colocados em 972 furos nos pilares do local. O Mendes Caldeira foi destruído em apenas 9 segundos.

1988 - Benazir Bhutto venceu as eleições diretas no Paquistão e tornou-se a primeira mulher a governar um país muçulmano.

1992 - O Partido Democrata Trabalhista, formado por ex-comunistas, venceu as eleições na Rússia na primeira disputa depois do fim da União Soviética.

1995 - O líder sérvio-bósnio Radovan Karadzic e Ratko Mladic foram condenados por genocídio pelo Tribunal das Nações Unidas.

1996 - Refugiado hutus saíram do Zaire e retornaram a Ruanda, na África, mesmo sob o temor de encontrar suas casas tomadas pelos inimigos tutsis.

1998 - Nove pessoas morreram durante manifestações em Jacarta, na Indonésia. Os estudantes pediam reformas no país.

2016 - O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, foi preso pela Polícia Federal em sua casa na zona sul do Rio. O pedido partiu do Tribunal Regional Eleitoral de Campos dos Goytacazes (RJ), que investigava a compra de votos por parte de Garotinho nas Eleições de 2016. 


Outras Datas


TV CURIOSO

O Guia dos Curiosos