1. Kate Middleton entrou acompanhada pelo pai, Michael Middleton, e pela irmã Pippa, que carregava a cauda de seu vestido.

2. A música para a entrada da noiva não foi a marcha nupcial, mas o hino I Was Glad, composto em 1902 por Sir Hubert Parry. É tradicionalmente entoado em celebrações anglicanas e coroações.

3. Na hora de fazer o juramento, Kate prometeu amar, confortar, honrar e proteger o marido, mas não obedecê-lo. A princesa Diana fez o mesmo quando se casou em 1981.

4. Logo após o casamento, a rainha Elizabeth II comunicou a doação do título de Duque e Duquesa de Cambridge. Kate passou a ser denominada Catherine.

5. Saudaram a população que rodeava a igreja de dentro da carruagem aberta State Landau, feita para o rei Eduardo VII em 1902 e usada também no casamento de Charles e Diana.

6. A abadia comporta até 2.200 pessoas, mas apenas 1.900 foram convidadas para a cerimônia. Os parentes de Kate se sentaram à direita do altar, enquanto a família real ficou à esquerda. Celebridades, amigos e membros do governo ficaram atrás do coral, no fundo da igreja.

7. Cada convidado recebeu um guia de etiqueta de 22 páginas sobre como se portar no casamento. Entre outras coisas, o manual ensinava a cumprimentar Elizabeth II.

8. Os homens tinham que vestir farda, fraque ou terno liso com gravata, enquanto as mulheres deveriam usar vestido com blazer.

9. O vestido de Kate tinha 2,7 metros de cauda, bem menos que o usado por Lady Di: ela se casou com uma roupa de 7,6 metros de cauda.

10. As quatro flores emblemáticas do Reino Unido (rosa, narciso, trevo e cardo) estavam nos bordados do vestido. Foram elaboradas pela Escola Real de Bordados. Os funcionários tinham que lavar as mãos a cada 30 minutos e usar novas agulhas a cada três horas para manter a afiação. A tiara usada na cerimônia foi emprestada por Elizabeth II a Kate. Era uma Cartier de 1936.