Na verdade, não é um truque. Os engolidores não fazem nenhum número de ilusão de ótica, e realmente enfiam a espada garganta abaixo. A preparação física e psicológica para conseguir fazer isso pode durar anos.

O engolidor deve estar preparado, por exemplo, para controlar a ânsia de vômito, que é um reflexo involuntário do corpo.

Uma pesquisa do jornal “British Medical Jounal” feita com 110 engolidores mostrou que grande parte deles tinha dores de garganta, lesões e perfurações no esôfago e diafragma, hemorragia interna, pleurisia e pericardite.