• O nome deste quitute vem de doughnut, que em inglês significa “rosca frita”. A expressão foi usada pelo historiador Washington Irving no livro History of New York (História de Nova York), de 1809, para descrever um prato trazido pelos imigrantes holandeses.
     
  • Porém, a receita só se tornou popular nos Estados Unidos no início do século 19. Diz a lenda que um rapaz chamado Hanson Gregory teve um sonho em que um anjo lhe oferecia uma versão confeitada das delícias.
     
  • Uma vez acordado, Hanson resolveu transformar a idéia em realidade e criou diversas coberturas para seus donuts. A invenção fez enorme sucesso e virou uma paixão na terra do Tio Sam.