Alho

1. Ele é considerado energizante, regenerativo, antigripal, preventivo de problemas cardíacos e circulatórios, antibiótico natural, além de excelente coadjuvante no tratamento de outras doenças.

2. O poeta grego Homero relata em seu poema épico Odisseia que Ulisses usou o alho para fazer Circe se apaixonar por ele, livrando-se assim de uma feiticeira.

3. Os escravos que construíram a pirâmide do faraó Tutankamon alimentavam-se com enormes quantidades de alho para garantir as forças e se livrar de um sem-número de doenças, como tifo e surtos de cólera.

4. Os gregos recomendavam chá de alho para tornar a voz mais límpida e afastar gripes, resfriados, tosses, bronquites e asma. Tudo isso com o aval do dr. Hipócrates que, em seus compêndios de medicina, já citava o uso de vapores de alho no tratamento de tumores.

5. Pesquisadores descobriram no alho uma ação bactericida. Na Primeira Guerra Mundial, quando outros anti-sépticos falhavam, os médicos usavam uma pasta de alho para tratar de ferimentos infectados.