10 curiosidades sobre Os Trapalhões

1. A primeira formação de "Os Trapalhões" tinha Renato Aragão (Didi), Wanderley Cardoso, Ivon Cury e Ted Boy Marino. O programa chamava-se "Adoráveis Trapalhões" e era apresentado pela TV Excelsior, em 1965.

2. Antônio Carlos Bernardes Gomes, o Mussum, ganhou esse apelido antes da formação dos Trapalhões, em 1965. O humorista participou do programa “Bairro feliz”, da TV Globo.  Na época, ainda servia ao Exército e se apresentava escondido, pois seus superiores não aprovavam sua carreira de humorista. Estava sempre barbeado e com a cabeça raspada e, por isso, recebeu o apelide de “mussum”, um peixe escuro e sem escamas.

3. Em 1971, a TV Record contratou Renato Aragão e criou “Os insociáveis”. O parceiro dele, dessa vez, era Manfried Santana (Dedé). Eles já haviam trabalhado juntos, em 1966, no filme “Na onda do Iê Iê Iê”, e no programa da “Didi & Dedé”, de 1968, da TV Excelsior.

4. “Os insociáveis” tinha uma hora de duração, e Renato Aragão achava que dois comediantes seriam insuficientes. Foi então que convidou Mussum para fazer parte do grupo, depois de assistir ao humorista em um quadro do programa de Chico Anysio.

5. A formação mais famosa, com Dedé, Didi, Mussum, e Zacarias (Mauro Faccio Gonçalves), começou em 1975, na TV Tupi. Foi para a TV Globo em 13/03/1977, e ficou até 27/08/1995. O programa era exibido aos domingos, às 19h.

6. Os Trapalhões evidenciavam a produção de um programa para televisão. Didi chegou a levantar a grama cenográfica, chutar pedras de isopor para cima, atravessar paredes falsas e debochar por estar se afogando em um mar de papel celofane. Ele recebeu críticas por “desmistificar a televisão”, mas a direção do programa continuou dando carta branca para essas brincadeiras.

7. Renato Aragão criou bordões famosos: “audácia da pilombeta!”, “é fria!” (encrenca); “bufunfa” (dinheiro), “poupança” (glúteos), “tesouro” ou “bicho bom” (mulher bonita). Ele também se comunicava com o telespectador do programa chamando-o de “da poltrona”.

8. Mussum ficou famoso pela sua pronúncia de “forever” (para sempre, em inglês). O humorista usava a expressão “forévis” para se referir a várias coisas, principalmente aos glúteos. 

9. O programa “Os Trapalhões” foi vendido para outros países: Angola, Canadá, Estados Unidos e Portugal.

10. O grupo se desfez depois da morte de Mussum, em 29 de julho de 1994. Antes dele, havia morrido Zacarias, em 18 de março de 1990. Com a perda dos companheiros, Renato Aragão ficou em depressão por seis anos.