Bandeira brasileira

1. Você já deve ter lido que o verde de nossa bandeira representa as florestas; o amarelo, o ouro e as riquezas minerais; o azul, o céu; e o branco, a paz. Certo?
Bem, essa é uma das interpretações. Os historiadores preferem uma outra versão. 

2. O verde e o amarelo entraram na nossa bandeira em 1822, num trabalho do francês Jean-Baptiste Debret. Overde representava a Casa Real Portuguesa de Bragança (família de Dom Pedro I) e o amarelo, a Casa Imperial Austríaca de Habsburgo (família da princesa Leopoldina).

3. O losango foi uma homenagem de Dom Pedro I ao general francês Napoleão Bonaparte (era uma das figuras preferidas das bandeiras militares napoleônicas).

4. O azul e o branco também eram cores usadas em bandeiras portuguesas.

5. O hasteamento e o arriamento podem ser feitos a qualquer hora do dia ou da noite, mas, tradicionalmente, a bandeira é hasteada às 8 horas e arriada às 18 horas. Quando permanece exposta durante a noite, ela deve ser iluminada.

Livro mostra curiosidades de todas as bandeiras do mundo

6. Como símbolo da pátria, a Bandeira Nacional fica permanentemente hasteada na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Ela tem 20 metros por 14,3 metros é a maior bandeira brasileira. Ao ser substituída, o novo exemplar deve ser hasteado antes que a bandeira antiga seja arriada.

7. Nenhuma bandeira de outra nação pode ser hasteada no país sem que haja ao seu lado direito, de igual tamanho e em posição de destaque, a Bandeira Nacional. A exceção são as embaixadas e os consulados.

8. Nas escolas, durante o ano letivo, é obrigatório o hasteamento da bandeira pelo menos uma vez por semana.

9. Em recintos fechados, a bandeira brasileira deve ficar num mastro, à direita da mesa, ou desfraldada, acima da cabeça do presidente da sessão.

10. A bandeira em mau estado deve ser entregue a uma unidade militar para ser incinerada no Dia da Bandeira.