16 Robôs da Ficção

1. Marvin
(Série O Guia do Mochileiro da Galáxia - 2005)
O robozinho deprimido e pessimista tem sempre uma frase de desmotivação na ponta da língua. Ele foi construído com a tecnologia PHG (Personalidade Humana genuína) e tem inteligência 30 bilhões de vezes maior do que a de um colchão.

2. Rodney Lataria (Rodney Cooperbottom)
(Filme: Robôs -2005)
É um grande inventor, cujo maior sonho consiste em encontrar seu ídolo: um criador ainda mais genial que ele. Enquanto isto não acontece, ele vai montando apetrechos para melhorar o mundo.

3. David e Joe
(Filme: A.I - Inteligência Artificial - 2001)
David é um robô criança criado para amar eternamente a mãe. Ele foi ativado por um casal que teve o filho acidentado. Quando o garoto de verdade recobra a consciência, David é "jogado fora" e, a partir daí, o robô começa uma jornada para reconquistar o amor da mãe humana.

O robô Joe foi criado para satisfazer qualquer mulher, e o fazia muito bem. Realizava todo o tipo de desejo sexual e algumas mulheres chegavam a abandonar seu homens de verdade por ele. Joe tinha um rádio acoplado que tocava diversos tipos de músicas para momentos românticos, e podia ainda alterar sua aparência de acordo com a preferência do cliente. O gigolô conhece David quando sua vida é salva pelo garoto-robô. Como agradecimento, Joe resolve ajuda-lo a encontrar um meio de conseguir o amor de sua mãe.

4. Andrew
(Filme: O Homem Bicentenário - 1999)
O robô Andrew é um ajudante doméstico. Ele foi criado para ajudar famílias na organização da casa. No entanto, tem algo de diferente. Com o passar do tempo, Andrew desenvolve algumas características dos seres humanos, como curiosidade e vontade própria. A partir daí, ele começa uma longa jornada atrás de sua liberdade e certa "humanidade". O personagem é interpretado por Robin Williams.

5. Robocop
(Filmes: Robocop, o policial do futuro - 1987;  Robocop 2 - 1990)
Depois de ser espancado por uma quadrilha até quase morrer, o policial Alex Murphy passa por uma "reforma" realizada pela poderosa multinacional OCP (Omini Produtos de Consumo) que o transforma em um robô meio homem, meio máquina. A partir daí ele se torna Robocop, um defensor da cidade de Detroit.

6. Johnny 5
(Filme: Short Circuit - 1986)
Um robô criado pelo exército acaba parando na cidade grande e lá descobre sentimentos não programados. Em 1988 foi produzida uma continuação, "Johnny 5", mas não conseguiu o mesmo sucesso.

7. Vick
(Série Super Vick - 1985)
A garotinha robô foi criada pelo "pai", um famoso cientista. Todos na casa passam a tratá-la como se fosse realmente uma humana, mas a jovem robô ainda tem muito que aprender e, muitas vezes, acaba colocando seu pai em situações constrangedoras.

8. T-800
(Filme: O Exterminador do Futuro -1984)
O ator Arnold Schwarzenegger interpreta o robô vingador. O personagem, um humanóide esquentado e violento, ainda hoje é lembrado pelo famoso bordão "Hasta la vista, Baby!".

9. T–1.000
(Filme: O Exterminador do Futuro 2 - 1991)
O personagem de Arnold Schwarzenegger é reprogramado para proteger a mãe do líder humano, mas em seu lugar chega um ciborg pior ainda, totalmente feito de metal líquido e que pode assumir qualquer forma que desejar. Este é T–1.000, representado pelo ator Robert Patrick. No filme, quando o andróide assume a forma da personagem Sarah Connor, Linda Hamilton, é a irmã gêmea da atriz, Leslie Hamilton Gearren.

10. Roy Batty
(Filme: Blade Runner – O Caçador de Andróides - 1982)
É o líder do grupo de robôs rebeldes do modelo Nexus 6, um dos mais modernos. Roy foi criado com sentimento artificial e tem grande capacidade de reflexão.

11. C3PO e R2D2
(Guerra nas Estrelas - 1977 - 2005)
A princípio, parecem meros coadjuvantes. Mas com o desenrolar da trama, assumem papel fundamental na luta contra o Imperador e seu exército e na salvação do universo.

12. B9
(Seriado: Perdidos no Espaço - de 1965 a 1968)
O robô foi criado para auxiliar a família Robinson na missão de colonizar um planeta da constelação Alfa Centauro.

13. Rosie
(Série Os Jetsons - 1962 - 1987)
A Robô empregada da família Jetson esta na família há muito tempo. Ela faz de tudo, limpa, passa, cozinha e ainda cuida das crianças. A dubladora original de Rosie, Jean Vader Pyl, fez também a voz da personagem Wilma dos Flinstones.

14. Robby
(Filme: O Planeta Proibido -1956)
Ele tinha muitas habilidades: carregava grandes pesos, falava diversas línguas e conseguia produzir coisas apenas com a descrição de sua fórmula.

15. Gort
(Filme: O Dia em que a Terra Parou - 1951)
O robô Gort vem junto do alienígena Klaatu à Terra com uma missão: acabar com as guerras no planeta ou destruí-lo. Gort atuava como um "guarda-costas" para o alienígena e era comandado por seu mestre com a frase "Klaatu Barrada Nikto". O filme foi lançado no auge da Guerra Fria. O diretor, Robert Wise , fez o longa para ser uma mensagem de alerta para a possibilidade de uma guerra nuclear.

16. Maria
(Filme: Metrópolis - 1926)
Foi o primeiro robô a aparecer no cinema. Maria foi uma réplica de uma mulher real, feita para criar discorda no proletariado. A verdadeira Maria era uma filha de operários que tinha muita influência entre os trabalhadores. A Robô "dublê" foi programada para impedir uma revolução. Maria ganhou sua versão animada no longa metragem clássico de Ozamu Tezuka, um mestre da animação japonesa.

Livro compila as maiores gafes do cinema.