Um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar?

Esqueça o ditado, pois pode sim. E duas, três, muitas vezes. "Eles atingem os lugares mais elevados, como torres em locais planos e árvores no alto de morros", conta Osmar Pinto Jr., coordenador do Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto de Pesquisas Especiais (Inpe).

Outro fator que aumenta a incidência é a umidade do ar, que facilita a formação de tempestades. Assim, eles despencam mais nas regiões tropicais e é quase impossível ver um raio caindo nos desertos.

Segundo Osmar, a lenda de que um raio só cai uma vez em um lugar vem dos índios: "Eles tinham a crença de usar um pedaço das árvores atingidas como um amuleto para que nunca fossem pegos por um raio", conta ele. Um hábito que não tem nenhum fundamento científico.