O Maracanã é o maior estádio do mundo?

Hoje em dia isso é só apelido. Construído para a Copa do Mundo de 1950, o Estádio Mário Filho (nome que seria dado apenas em 1966) logo foi chamado de "maior estádio do mundo". De fato, à época da sua construção, o projeto do complexo de 146.452 metros quadrados para 155.620 pessoas era insuperável: não havia outro maior para a prática do futebol. O Maracanã foi inaugurado com capacidade ainda maior e recebeu 199.854 pessoas na partida que decidiu a Copa de 1950.

Os números da construção do estádio impressionam: se os 550 mil sacos de cimento usados em sua obra fossem empilhados, formariam duas colunas da altura do Pão de Açúcar. O ferro usado daria para fazer uma volta e meia ao redor da Terra. A construção teve início no dia 2 de agosto de 1948 e durou 665 dias. Ele foi inaugurado em 16 de junho de 1950. A Seleção Paulista de Novos venceu a Seleção Carioca por 3 x 1. Didi, da equipe carioca, marcou o primeiro gol.

Porém, ao longo do tempo, o estádio passou por sucessivas reformas que progessivamente diminuíram a sua capacidade. Em 1999, Botafogo e Juventude decidiram a Copa do Brasil na última partida que levou mais de 100 mil torcedores ao "maior do mundo" (110.712). Na virada do século, a capacidade foi reduzida para 92 mil pessoas. Em 2009, apesar da manutenção do apelido, o Estádio Mário Filho era apenas o nono maior do mundo.

Fechado em 2010 para ser totalmente reformado visando a Copa do Mundo de 2014, o Maracanã teve sua capacidade reduzida para 78.838 pessoas, suficiente para ser o maior do país, mas insuficiente para estar até entre os 20 maiores do mundo: atualmente, é o 23º na lista liderada pelo Estádio Primeiro de Maio Rungrado, em Pyongyang, na Coreia do Norte, com capacidade para 150.000 torcedores.

Fazem parte também do complexo do estádio o Ginásio Maracanãzinho (22.940 metros quadrados), o estádio de atletismo Célio de Barros (18.714 metros quadrados) e o parque aquático Júlio Delamare (18.515 metros quadrados).