De onde vem a língua portuguesa?

Os especialistas dividiram as línguas em famílias. A mais importante é a indo-européia, falada por quase 50% da população mundial. Não se sabe em que região a língua indo-européia surgiu, mas todas as transformações dessa família originaram idiomas como o germânico, o português, o românico (neolatinas), o balto-eslavo, o indo-iraniano, o grego, o céltico, o albanês e o armênio.

O parentesco entre estas línguas é explicado pelas modificações do latim. Ele é resultado da transformação regional do indo-europeu, que se estabeleceu na região do Lácio, no centro da Itália, quando o império romano estava se formando.

O latim se sobrepôs a várias línguas, fazendo-as desaparecer ou se transformar com as conquistas romanas. A prova de que o grupo indo-europeu realmente existiu é o sentido semelhante entre palavras de grupos lingüísticos diferentes, como o germânico (inglês), o itálico (latim e português) e o indo iraniano (sânscrito).