Por que a Torre de Pisa é inclinada?

A torre da cidade de Pisa foi construída em 1174 ao lado de uma Igreja na Praça da Catedral. Tratava-se da última peça do complexo religioso de Pisa. Feita toda em mármore branco, a torre foi projetada para alcançar 56 metros de altura em seus oito andares.

Os problemas começaram depois que o terceiro andar foi construído: por causa do solo pantanoso e irregular no qual se sustentava, a torre começou a "mergulhar" no solo só de um lado, ficando assim inclinada. Os trabalhadores que participaram da construção tentaram manter a altura original da torre construindo andares um pouco mais altos do lado prejudicado. Com o peso maior, o problema apenas se acentuou.

De lá pra cá, ano a ano a Torre de Pisa fica mais inclinada. É um aumento quase impercpetível. Ela chegou a formar um ângulo de 10 graus até 1989. Depois de 700.000 turistas escalarem o local, entendeu-se que a inclinação já estava perigosa demais para o público. O ponto turístico, então, foi fechado e a cidade passou a perder milhões de dólares por ano.

A partir desse dia uma comissão de engenheiros especializados tentou corrigir o defeito da Torre de Pisa. Em 1997 foi aprovada uma proposta que reduziria em cinco graus a inclinação. O efeito seria alcançado retirando terra do lado inclinado enquanto o local estivesse reforçado por placas de chumbo em sua fundação. As obras foram concluídas em 2001 e a Torre de Pisa voltou a receber visitantes normalmente.