10 curiosidades sobre a Copa de 1998 (França)

1. A partida entre França e Paraguai, pelas oitavas-de-final, foi o primeiro jogo em mundiais decidido na "morte súbita" (quem faz o primeiro gol na prorrogação vence). Aos oito minutos do segundo tempo, o zagueiro Blanc marcou o gol que tirou os paraguaios da competição. Foi a primeira e única vez que a regra foi usada em um mundial.

2. A Copa de 1998 divide com a de 2014 o recorde de maior número de gols. Foram 171 no total.

3. Foi a primeira vez que a Jamaica participou de uma Copa do Mundo.

4. Foi a quinta Copa disputada pela Coreia do Sul, mas a equipe continuou sem uma única vitória. Das 14 partidas, perdeu 10 e empatou 4. Na Copa seguinte, em que seria uma das sedes, a Coreia do Sul quebraria o tabu e acabaria na quarta colocação.

5. Na primeira Copa da era da internet, mais de 1 bilhão de consultas foram feitas ao site oficial do Mundial. Também pela internet foi espalhado o maior boato da história do futebol. Hackers invadiram a página da CBF e jogaram a informação de que o Brasil teria entregue o jogo para a França em troca de 570 mil dólares para cada jogador e o direito de o Brasil sediar a Copa de 2002 - o que não aconteceu.

6. Dos 16 pênaltis marcados na Copa da França, apenas um foi desperdiçado. A penalidade perdida pelo iugoslavo Mijatovic na partida contra a Holanda interrompeu uma série de 39 cobranças bem-sucedidas em Copas.

7. Antes do jogo entre Brasil e Noruega, a brasileira Rosângela de Souza e o norueguês Oivind Ekeland se casaram bem no centro do gramado do Estádio Vélodrome, em Marselha.

8. A grande novidade nessa Copa foi o marcador eletrônico que o árbitro reserva usava para avisar ao público o tempo de acréscimo.

9. O gol do mexicano Hernández na partida contra a Alemanha, pelas oitavas-de-final, foi o 100º sofrido pelos alemães em Copas. A Alemanha se tornou, assim, o primeiro país a levar 100 gols na competição.

10. Três brasileiros defenderam outros países: o meia Wagner Lopes (Japão), o atacante Oliveira (Bélgica) e o lateral Clayton (Tunísia).