10 curiosidades sobre a Copa de 1982 (Espanha)

1. O ônibus da seleção brasileira foi do hotel para o estádio todas as vezes por um mesmo caminho, e sempre voltou por um outro. Só mudou o percurso no dia 5 de julho, antes da partida contra a Itália pelas quartas-de-final, quando o Brasil foi eliminado da competição.

2. A Alemanha precisava da vitória contra a Áustria para ficar com a vaga da Argélia e avançar para a segunda fase. Assim que Fischer fez 1 a 0, placar que também garantia a Áustria na fase seguinte, os dois times passaram a tocar a bola no meio de campo.

3. O príncipe do Kuwait invadiu o campo e paralisou o jogo com a França quando seu time, que perdia de 3 a 1, tomou o quarto gol. Mesmo tendo conseguido anular o gol, que ele alegou estar impedido, acusou a Fifa de ser dominada pela Máfia e foi punido com uma multa de 11 mil dólares.

4. Foi na Copa de 1982 que aconteceu a maior goleada em um Mundial Fifa. A Seleção da Hungria venceu a de El Salvador por 10 X 1.

5. Sonhando conseguir uma vaga para a segunda fase da Copa, o time de Honduras segurou o 0 a 0 contra a Iugoslávia até os 42 minutos do segundo tempo. Mas um pênalti banal fez Honduras perder a partida. No final do jogo, todo o time chorou no gramado.

6. Paolo Rossi nasceu em Arezzo, Itália, em 23 de setembro de 1956. Começou a carreira aos 15 anos. Disputou sua primeira Copa em 1978. O Juventus pagou ao Lanerossi 4 milhões de dólares por seu passe em 1981, uma transação recorde na época. Foi na Copa da Espanha que Rossi explodiu e tornou-se o artilheiro da competição com seis gols - três deles na partida em que o Brasil acabou eliminado.

7. O goleiro italiano Dino Zoff se tornou o mais velho capitão a vencer uma Copa do Mundo. Ele tinha 40 anos na época.

8. A Copa de 1982 detém o recorde de maior número de estádios utilizados: foram 17 arenas em 14 cidades-sede. O Mundial mais compacto foi o primeiro deles, em 1930, no Uruguai, que fez uso apenas 3 estádios, todos em Montevidéu.

9. O mesmo Mundial também viu entrar em campo o mais novo jogador a disputar uma Copa do Mundo. O irlandês Norman Whiteside tinha apenas tinha apenas 17 anos, 1 mês e 10 dias.

10. O húngaro Laszlo Kiss fez três gols na partida contra El Salvador, sagrando-se o único reserva da história a marcar três gols em um jogo de Copa do Mundo.