10 curiosidades sobre o Estádio do Pacaembu

1. Em 1911, a empresa Cia City comprou e urbanizou a área onde hoje se situa o bairro paulistano do Pacaembu. Nos anos 20, o escritor modernista Mário de Andrade sugeriu a construção de um estádio na cidade de São Paulo que pudesse receber tanto jogos esportivos como atividades culturais. O terreno de 50 mil metros quadrados destinados à obra foi doado pela Cia City ao governo do Estado, que repassou o presente à prefeitura.

2. Em tupi-guarani, Pacaembu significa "terras alagadas". A região ganhou esse nome porque ficava junto a um ribeirão, cujas margens serviam de descanso para os índios.

3. O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho foi inaugurado no dia 27 de abril de 1940, com a presença do então presidente da República, Getúlio Vargas, do interventor Adhemar de Barros e do prefeito Prestes Maia. Tinha capacidade para 60 mil pessoas, o que o colocou na posição de maior do país. Perdeu o posto 10 anos mais tarde, com a construção do Maracanã. O Pacaembu está tombado como patrimônio da cidade de São Paulo.

4. No dia seguinte à inauguração, o Palestra Itália, atual Palmeiras, e o Coritiba jogaram a primeira partida do estádio. O placar foi inaugurado aos 2 minutos do 1º tempo por Zequinha, do Coritiba. Mas a vitória foi do Palestra, por 6 x 2. Completando a rodada dupla, o Corinthians venceu o Atlético Mineiro por 4 x 2.

5. Em 24 de maio 1942, 71.281 pessoas assistiram ao jogo entre São Paulo x Corinthians que terminou com empate de 3 x 3. Foi o recorde de público do estádio. Era a estreia do jogador Leônidas da Silva pelo Tricolor.

6. Em 1945, aconteceu a maior goleada de que o estádio já foi palco: o São Paulo venceu o Jabaquara por 12 x 1.

7. O Pacaembu sediou seis jogos da Copa do Mundo de 1950. Apenas um deles foi do Brasil, que empatou com a Suíça por 2 x 2, em 28 de junho.

8. Em 1961, o Pacaembu ganhou o nome de Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho. A mudança foi uma homenagem ao homem que comandou, em 1958, a delegação brasileira no mundial de futebol da Suécia, quando o Brasil conquistou seu primeiro título em uma Copa do Mundo.

9. Em 1969, a capacidade de público do Estádio do Pacaembu foi ampliada para 70 mil lugares, com a construção do “Tobogã”, substituindo a “Concha Acústica”, que havia sido palco, até então, de diversas apresentações culturais. Atualmente, a capacidade do Estádio do Pacaembu é de 37.391 pessoas.

10. Em 29 de setembro de 2008, foi inaugurado no Pacaembu o Museu do Futebol. O Museu ocupa uma área de 6,9 mil metros quadrados e recebeu em seu primeiro ano 37 mil visitantes.