Hans Christian Andersen

1. O escritor Hans Christian Andersen nasceu na cidade de Odense, na Dinamarca, no dia 2 de abril de 1805. Seu pai era um sapateiro pobre, conhecido como o "lunático" da cidade.

2. Hans era uma criança muito feia cujo corpo lembrava a figura de uma cegonha, e não tinha amigos. Sua única diversão era ler as histórias de homens pobres que ficaram famosos.

3. Aos 14 anos, ele se mudou para Copenhague, capital do país, e tentou ser cantor. Tinha uma linda voz de soprano, tomou aulas de dança e canto, mas não alcançou o estrelato nos palcos.

4. Publicou seu primeiro conto com 17 anos. Em toda sua vida, escreveu 156 no total, traduzidos em mais de cem idiomas. Alguns de seus títulos mais famosos foram "A Roupa Nova do Imperador", "O Patinho Feio" e "A Pequena Sereia". Também compôs seis romances e mais de mil poemas.

5. Andersen tinha muito medo de ser enterrado vivo. Fez alguns amigos prometerem que cortariam uma de suas artérias antes de colocá-lo no caixão.

6. Os contos de Andersen não fizeram sucesso na época em que foram publicados. O autor já tinha cerca de 40 anos quando sua obra começou a ser reconhecida pelo público infantil.

7. Hans Christian Andersen nunca foi bonito. Há rumores de que a história "O Patinho Feio" tenha sido baseada em sua própria experiência pessoal.

8. Apesar da carreira literária, quando criança Hans detestava ir à escola. Ele costumava dizer que os anos de estudo foram a época mais sombria de sua vida.

9. Apesar da facilidade de entender a mente infantil, Hans Christian Andersen nunca se casou nem teve filhos. 

10. Quando estava mal de saúde, deixava um recado em sua mesinha-de-cabeceira antes de dormir: "Estou só parecendo morto". O escritor morreu em 4 de agosto de 1875 em Copenhague, na Dinamarca. Ele tinha 70 anos.

Livro ensina a importância da leitura para crianças