Curiosidades sobre a Primeira Guerra Mundial

1. A Primeira Guerra Mundial teve início em agosto de 1914 e estendeu-se até 1918, quando foi assinado um armistício entre as potências envolvidas no conflito. O armistício entrou em vigor às 11h do 11º dia do 11º mês daquele ano. 

2. O estopim da Primeira Guerra Mundial foi o assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do Império Austro-Húnagro, por um jovem estudante sérvio ligado ao grupo terrorista Mão Negra. O fato aconteceu no dia 28 de junho de 1914, na cidade de Saravejo, capital da Bósnia-Herzegovina. O grupo terrorista-nacionalista sérvio era contra a presença austríaca na região.  

3. A banda indie escocesa "Franz Ferdinand" emprestou seu nome do arquiduque assassinado. Os integrantes da banda disseram em entrevista à revista "Is this Music?" que a escolha foi feita porque eles gostaram "do som do nome". Outro fator envolvido foi a possibilidade de um dia se tornarem famosos a ponto do nome "Franz Ferdinand" tornar-se mais conhecido como o nome da banda de rock do que como personagem histórico. 

4. Os livros "Nada de Novo no Front", do escritor alemão Erich Maria Remarque, e "Adeus às Armas", de Ernest Hemingway, ambos de 1929, foram inspirados pelo conflito. O escritor alemão participou da guerra entre junho e julho de 1917. Ferido no final de julho, passou o resto da guerra em um hospital militar na Alemanha. Depois, foi perseguido pelo nazismo e estabeleceu-se nos EUA em 1939. O filme homônimo, baseado na obra de Remarque, foi lançado em 1930. A produção dirigida por Lewis Milestone acabou levando os prêmios de Melhor Filme e Melhor Diretor na cerimônia do Oscar de 1930. 

5. Em 1917, o escritor norte-americano Ernest Hemingway tentou entrar para o Exército dos EUA como voluntário, mas foi reprovado no exame de vista.  Hemingway conseguiu então um posto como motorista da Cruz Vermelha. No dia 8 de julho de 1918, seu veículo foi atingido por um morteiro austríaco e Hemingway foi ferido nas duas pernas. Durante sua recuperação em um hospital da Itália, apaixonou-se pela enfermeira Agnes von Kurowsky, 7 anos mais velha do que ele. O romance não sobreviveu à volta de Hemingway para os EUA, mas a experiência inspirou o livro "Adeus às Armas", lançado em 1929.  

6. No dia 11 de novembro de 2008, foi realizada uma cerimônia solene na cidade de Douaumont, na França. A cidade serviu de cenário para a "Batalha de Verdun", na qual morreram cerca de 300 mil soldados em 300 dias de combate entre os exércitos da Alemanha e da França. Entre os presentes estavam o presidente francês Nicolas Sarkozy, o príncipe Charles, da Inglaterra, e os 3 últimos soldados britânicos sobreviventes do conflito. 

7. Os últimos sobreviventes de nacionalidade francesa (Lazare Ponticelli, 110) e alemã (Erich Kastner, 107) morreram no início de 2008. Nascido na Itália, Lazare Ponticelli ganhou sua nacionalidade francesa ao ingressar na Legião Estrangeira

8. Estima-se que 10 milhões de pessoas morreram nos 4 anos de conflito, sendo 6 milhões de civis.