Amor x paixão

  • Por que nos apaixonamos?

A resposta para esta questão engloba fatores biológicos e sociais. "A paixão é uma necessidade da natureza humana", explica a terapeuta de casais Albangela Machado, do Projeto Sexualidade do Hospital das Clínicas de São Paulo. Isso quer dizer que, sem se relacionar com o seu semelhante, o ser humano não teria como procriar. "E, para se envolver com alguém, ele precisa estabelecer ainda algum tipo de vínculo afetivo", completa o psicólogo Ailton Amélio da Silva, coordenador do Centro de Estudos da Timidez e do Amor da Faculdade de Psicologia da USP.

  • E como acontece esse vínculo?

Mais uma vez não há um motivo apenas: pode ser pela atração física, visual ou, por exemplo, pela admiração intelectual. E tudo isso pode rolar ao mesmo tempo.


Uma pesquisa apresentada pela Universidade de Pisa em 2001, comparando os apaixonados com doentes que sofrem de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), verificou que em ambos os casos as pessoas ficam instáveis, mal-humoradas, ansiosas, agressivas, perdem o apetite e o sono. "A pessoa fica fora de si", diz o médico e mestrando em sexologia Bráulio Gusmão, do Instituto Brasileiro de Medicina e Reabilitação (RJ).

Paixão é um sentimento que dá mais razão à impulsividade e ao encantamento, ou seja, é mais intenso num determinado momento. "Parece que a pessoa fica inebriada pela outra", diz o psiquiatra Giancarlo Spizzirri, de São Paulo. Por isso ela tem reações tão diferentes como ficar distraída ou sentir o coração palpitar. Além disso, para que a paixão aconteça não é preciso que exista um relacionamento.

"É aí que surge o amor", define Albangela Machado. "Ele desponta quando esse sentimento amadurece e se transforma numa relação mais estável, com afeto e outras emoções." Segundo Ailton Amélio, existem diversos tipos de amor. "O amor é um termo utilizado para nomear um grupo de sentimentos, ações e padrões de pensamentos que, embora relacionados, são bastante diversificados", diz ele, em seu livro O Mapa do Amor.

Em resumo, o amor pode ser definido como a união da paixão com a intimidade mais o compromisso entre duas pessoas.