5 fatos sobre os livros

1. Os sábios chineses foram os pioneiros na arte de imprimir livros. Mas o livro mais velho que se tem conhecimento é uma cópia do Diamond Sutra, impresso em 11 de maio de 868 e encontrado nas grutas de Dunhuang, no Turquestão. Eram discursos de Buda para seu discípulo Subhuti. Para fazê-lo, Wang Chieh usou letras entalhadas em bloquinhos de madeira.

2. O alquimista chinês Pi Cheng usou argila cozida para produzir os primeiros tipos móveis por volta de 1040. A vantagem é que, após a impressão, as letras podiam ser separadas e reutilizadas.Esse sistema foi aperfeiçoado por volta de 1300 com o uso de madeira e serviu para a impressão de livros.

3. Em 1438, o alemão Johannes Gensfleisch Gutenberg começou a fazer impressões com tipos de metal, fazendo moldes de cada letra do alfabeto. Uniu os tipos em palavras, frases, parágrafos e páginas. Depois de bezuntar as letras com tinta, Gutenberg as pressionou em papel branco. Desse modo, ele imprimiu os primeiros livros na Europa.

4. Seu livro mais famoso é a chamada Biblía de Gutenberg, impressa entre 1451 e 1456. Das 48 cópias que sobreviveram, 36 eram de papel e 12, de pergaminho.

5. Em 1448, Gutenberg se associou a Johann Fust, que financiou a criação da imprensa.A sociedade terminou em 1455. Fust processou Gutenberg e exigiu que ele lhe entregasse o seu material como pagamento do empréstimo. Isso levou Gutenber à ruína.