10 curiosidades da moda

1. O estilista brasileiro Alexandre Herchcovitch chocou a plateia em um desfile enquanto ainda era estudante de moda, ao vestir uma noiva de diabinha.

2. A bermuda foi batizada com o nome de sua terra natal, as ilhas Bermudas, localizadas no Caribe. Ela surgiu entre os anos 30 e 40 como uma forma de driblar as leis locais, que impediam as mulheres de mostrar as pernas.

3. O famoso perfume Chanel nº 5, inventado pela estilista francesa Coco Chanel em 1921, foi eleito o mais "emblemático" dos perfumes. A fragrância de jasmim perfumou mulheres como a atriz Marilyn Monroe — que ajudou a criar a mística do Chanel ao afirmar que dormia vestindo apenas "algumas gotas de Chanel número 5". Estima-se que um vidro do perfume é vendido a cada 55 segundos ao redor do mundo.

4. O espartilho é uma peça de lingerie que causava problemas seriíssimos para as mulheres do século XV ao XIX, época em que foi popular. Para ostentar aquela cinturinha fina, elas eram obrigadas a apertar os seios para cima com os cordões da peça.

5. Um dos itens mais utilizados nas seções de fotos de catálogos de moda é a fita crepe. Muitas vezes a roupa fica enrugada e, para que saiam perfeitas nos cliques, são presas com a fita atrás do corpo das modelos.

6. Indigo blue é a forte cor azulada que o jeans apresenta antes da lavagem. O auge da cor nos jeans foi durante os anos 80. 

7. Louis Réard inventou o biquíni em 26 de junho de 1964. O estilista francês batizou o traje com o nome do atol no Pacífico, onde os americanos realizaram testes atômicos.

8. Os primeiros botões de roupa eram feitos com osso e metal. 

9. Roupas da princesa Diana foram leiloadas 3 anos depois de sua morte. Só o catálogo da casa de leilões inglesa Christhie’s, que promoveu a venda das peças, foi comprado por 83 mil dólares, tornando-se o livro impresso mais caro do século XX.

10. As peças mais antigas que o homem criou para proteger seus pés foram as sandálias, inventadas pelos egípcios há mais de 5.000 anos. Ao longo dos séculos, vieram os sapatos. Mas só em meados de 1850 começou a haver uma distinção visível entre os pés direito e esquerdo.

Livro conta como se vestir no trabalho para ser bem-sucedida.