Gírias das tribos

No mundo do surfe, "vaca" não é o animal que dá leite, "jaca" não é uma fruta e nem "mormaço" um dia nublado. Fique por dentro das gírias que a galera usa:

Abar – seria um sinônimo para "Filar", pegar emprestada a parafina, a comida...

Aussie - surfista australiano

Bóia – o surfista que só fica parado na água, sem pegar onda, só serve de "bóia" para a galera...

Cabrerão – medroso

Cabuloso – doido, estranho, maluco.

Casca grossa – pode ser uma situação muito difícil ou um surfista muito bom em alguma manobra.

Colocar Pilha (Pilhar) – tem dois significados: aborrecer ou pressionar, dar um incentivo.

Drop - descer a onda da crista até a base.

Flat - Mar liso, sem ondas.

Haole – surfista que não é do local onde está surfando. .

Ir Trabalhar - Ir surfar bem cedinho.

Jaca – quem fica um tempão pra pegar uma onda e cai na hora H.

Kaô - Papo furado

Long John – a roupa de borracha de corpo inteiro usada para proteger do frio.

Merrequeiro - surfista que só pega ondas pequenas.

Mormaço- quando o mar está cheio de gente e os surfistas vêm para cima de você, que também está tentando pegar uma onda

Morra - onda grande, gigante.

Pala – "Ele deu pala"= "Ele deu bandeira, deu na cara".

Pangas do Pântano – quem mora na praia(caiçara) e tem medo do mar

Rabuda - roubar uma onda.

Tá Gringo - quando o mar está excelente.

Tocossauro - prancha velha, "zuada", desgastada...

Vaca – tombo

Livro reúne expressões e gírias utilizadas por diversos grupos