10 artes marciais


1. Aikido (Japão)
Tem como filosofia a anulação do ego do praticante e a busca pela unificação com a natureza. Ensina a lutar usando com a força do opositor.

2. Caratê (Japão)
Além de ter golpes elaborados a partir de técnicas de defesa pessoal sem armas, o esporte procura trabalhar a formação integral do praticante. Por isso, estimula a força, o equilíbrio e a autoconfiança.

3. Hapkido (Coréia)
Faz uso de movimentos circulares, torções e imobilizações. Procura desenvolver a energia interior do praticante.

4. Jiu-Jitsu (Índia)
Seu nome significa "arte suave". Tem como princípio reverter a força do oponente como impulso para a execução dos golpes, que se baseiam em sistema de alavancas e desequilíbrios.

5. Jodo (Japão)
Uma variação do Kendo. Técnica de defesa pessoal, faz uso de bastões.

6. Judô (Japão)
Vertente do Jiu-Jitsu. Foi elaborada pelo mestre Jigoro Kano.

7. Kempo (China)
Arte marcial que tem como objetivo aliviar as tensões. Acredita-se que foi inventada por um médico chinês chamado Hua-To, que se inspirou nos movimentos dos animais.

8. Kendo (Japão)
Ligada à elite dos guerreiros, os samurais. Estimula, por meio de sua técnica, a bravura, a lealdade e a retidão.

9. Tae-Kwon-Do (Coréia)
Institucionalizada pelo general Choi Hong Hi em 1955, possui 3 mil técnicas com finalidades específicas. Desenvolveu-se como uma arte marcial de autodefesa.

10. Tai-Chi-Chuan (China)
Criada a partir de uma lenda. Ela diz que a briga de uma serpente e uma gralha interrompeu a meditação de um monge, que em vez de ficar bravo, resolveu desenvolver golpes com base nos movimentos dos animais.