10 curiosidades sobre o rúgbi

  1.  Durante uma partida de futebol em 1823, o inglês William Webb Ellis agarrou a bola com as mãos sem nenhuma explicação, prensou-a contra o peito e disparou a correr, cruzando o campo em alta velocidade. Os colegas tentaram contê-lo, mas ele desviava de todos. Até que um deles saltou como um goleiro e conseguiu derrubá-lo. A brincadeira acabou virando esporte: o rúgbi.
     
  2. As equipes de rúgbi têm 15 jogadores.
     
  3. Cada partida se divide em dois tempos de 40 minutos, e os jogadores só podem ser substituídos se tiverem contusões comprovadas.
     
  4. O campo possui 100 metros de largura por 69 de profundidade, com mais 22 metros depois da linha de fundo.
     
  5. Existem várias maneiras de marcar pontos. Quando um jogador consegue ultrapassar a linha de fundo do campo, marca um "try", que vale 4 pontos e dá direito ao time que obteve de desferir um "chute de conversão".

  6. Se a bola passar sobre o travessão, entre as traves em forma de H, o time conseguirá mais 2 pontos.
  7. Outra maneira é a cobrança de pênaltis, ou tiros livres diretos.
     
  8. Os jogadores só podem conduzir a bola com a mão e passá-la para trás. A não ser que ela seja chutada, o que pode acontecer também com o jogo em andamento (é o caso do "drop", quando o jogador, sem ter a quem passar, quiçá a bola e dá um chute).
     
  9. Só é permitido barrar um jogador se ele estiver de posse da bola.
     
  10. No Brasil, o rúgbi existe desde fins do século passado e até o começo dos anos 1960 foi um esporte de elite. Só com a realização do Campeonato Sul-Americano, em São Paulo (SP), em 1964, começou a ser mais difundido no país.