Iatismo

  • Até o século 17, os barcos a vela - caravelas, galés, galeões e navios armados - eram usados especificamente para o comércio, as guerras ou as viagens de exploração.
     
  • Foi um rei inglês, Charles II, foi quem primeiro deu um caráter esportivo às embarcações a vela. Em 1660, quando foi anunciada sua coroação, Charles II exilado na Holanda. Sua volta à Inglaterra ocorreu a borda de um "yacht" do príncipe de Orange. A viagem foi tão agradável que Charles II encomendou de imediato um barco igual para navegar pelo rio Tamisa. Dessa época em diante os barcos a vela passaram a ser utilizados pela corte inglesa em cruzeiros de recreio pela costa.
     
  • A partir do século seguinte, o esporte a vela se estendeu também aos cidadãos comuns e surgiram os primeiros iates clubes.
  • De 1749 em diante, as primeiras competições passaram a ser disputadas principalmente por comerciantes e homens de negócios. Com o desenvolvimento das regatas, os regulamentos foram se aprimorando para permitir a disputa de provas entre barcos diferentes.
     
  • Em 1829, surgiu a divisão dos barcos em seis classes, de acordo com a tonelagem. Os barcos maiores - e, portanto, mais velozes - deveriam descontar uma porcentagem em milhas para os barcos menores. Isso chama-se handicap, norma usada até hoje na categoria Oceano.