10 curiosidades sobre a ginástica

1. É um esporte que nasceu na Grécia e no Egito por volta de 2600 a.C. Os romanos adotaram a ginástica como treinamento militar, mas ela desapareceu quando os Jogos Olímpicos foram banidos.

2. A modalidade só voltou em 1811, na Alemanha, por obra do professor Friedrick Ludwing Jahn. Ele inventou também muitos dos equipamentos usados até hoje, como as barras paralelas e horizontal, o cavalo e as argolas. Na ginástica rítmica, os ginastas utilizam corda, bola, arco, maças e fita.

3.  A queda parece ser o erro mais punido na ginástica. Não é. Balançar o braço depois de um salto mortal, um erro quase imperceptível para os espectadores, implica perder meio ponto - mesma punição para quem se estatela no chão.  

4.  Quando os ginastas resolvem fazer muitos malabarismos, seus técnicos costumam ficar por perto para prestar socorro em caso de queda. 

5. Um erro de cálculo pode representar a morte. Às vésperas das Olimpíadas de Moscou, em 1980, a soviética Yelena Mukina caiu e quebrou o pescoço.  

6.  Nos Jogos Olímpicos, a ginástica é dividida em duas modalidades: a olímpica e a rítmica.  

7.  Na ginástica olímpica, os homens passam por oito provas, contra seis das mulheres, em exercícios obrigatórios e livres.

8. Os homens participam das provas de exercício de solo, cavalo, argolas, salto sobre cavalo, paralelas e barra.

9. Já as mulheres participam de exercícios de solo, paralelas assimétricas, salto sobre cavalo e trave. 

10. A ginástica rítmica foi incluída nos Jogos Olímpicos de 1984, e só as mulheres competem. A modalidade combina movimentos de corpo com coreografia de pequenos equipamentos, como uma corda, uma bola ou um laço. 

Livro apresenta curiosidades sobre os Jogos Olímpicos