10 curiosidades sobre atletismo

1. Um decatleta, num só dia, gasta 6.500 calorias, o equivalente a 15 pratos de macarrão.

2. A prova dos 100 metros, a mais nobre do atletismo, dura menos de 10 segundos. No percurso, o atleta dá 45 passadas e chega ao final a 36 km/h. Um homem comum faria isso em 55 passadas, e a 22,5 km/h.

3. Um velocista gasta 18 centésimos de segundo para sair depois que ouve o tiro da partida. Uma pessoa destreinada leva 27 centésimos de segundo para reagir.

4. Os atletas inspiram na largada, expiram e inspiram nos 50 metros e só expiram novamente no fim da corrida.

5. O atleta canadense Ben Johnson ficou quase uma hora e meia tomando líquido para conseguir fazer xixi depois da vitória nos 100 metros, em Seul, na Coreia do Sul. No dia seguinte, os dois minúsculos frascos marcados com o número 1237 mostraram a presença de estanozolol, substância que aumenta artificialmente a massa muscular e a competitividade do atleta.

6. Havia entre os atletas a suposição de que o estanozolol seria indetectável pelos exames. Na verdade, em Seul, foi a primeira vez que ele acabou sendo percebido. A utilização regular do estanozolol provoca, como efeitos colaterais, danos ao fígado e a atrofia dos órgãos genitais masculinos.

7. Ben Johnson foi excluído dos registros da Olimpíada de Seul — seu nome e suas marcas não constarão de qualquer estatística oficial dos Jogos. Ele também ficou proibido de disputar qualquer competição internacional por dois anos.

8. Várias universidades dos Estados Unidos ofereceram bolsas de estudos para o jovem Usain Bolt treinar em suas dependências. Ele recusou todas e resolveu treinar em Kingston, capital da Jamaica, seu país natal. Bolt foi o mais jovem corredor a ganhar um Campeonato Mundial Júnior. Aconteceu em 2002, quando ele tinha 15 anos. 

9. Seu patrocinador de material esportivo, a Puma, fechou o contrato com ele em 2003, aos 16 anos. Bolt foi o mais jovem atleta a assinar com a Puma. Bolt quebrou o recorde dos 100 metros pela primeira vez em 31 de maio de 2008, no Reebok Grand Prix, em Nova York, nos Estados Unidos. Ele fez o percurso em 9s72, batendo o recorde de seu compatriota Asafa Powell.

10. O jamaicano se tornou o primeiro corredor a bater os recordes de 100 metros, 200 metros e 4x100 metros nos mesmos Jogos Olímpicos. Aconteceu em Pequim, na China, em 2008. Um dia antes de completar 23 anos, em 2009, Bolt quebrou o recorde dos 200 metros mais uma vez. Com 19s19, o corredor se tornou o primeiro a ser campeão olímpico e mundial das provas de 100 e 200 metros. Mesmo assim, esnobou: "Não foi uma boa prova, mas foi veloz".