Bernardinho

  • Bernardo Rocha de Rezende, mais conhecido como Bernardinho, é filho do advogado tributarista e ex-professor universitário Condorcet Rezende e de Maria Ângela Rocha de Rezende, filha de José da Silva Rocha, ex-presidente do Vasco.

  • Seu avó, Octavio de Resende, foi Ministro do Tribunal Superior.

  • Quando criança, Bernardinho praticou diversos esportes. Aos 7 anos, conquistou o segundo lugar no Campeonato Carioca de Judô. Ele lutava com tanta fúria que o pai precisou chamar sua atenção, dizendo: ?Meu filho, o objetivo é vencer o adversário, não matá-lo?. Também fez natação e jogou tênis.

  • É formado em economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (RJ). Depois da conclusão do curso, chegou a estagiar no Banco Garantia.

  • O primeiro time de vôlei em que atuou foi o Fluminense, na época sob o comando de Benedito da Silva, o Benê. Seu irmão mais velho, Rodrigo, jogava no mesmo time. Ambos viviam levando bronca, mas o técnico só expulsava Bernardinho do treino. Um dia, o atleta questionou o porquê da ?implicância?. Benê respondeu: ?O Rodrigo tem talento, mas não quer nada. Se eu o expulsar, ele não voltará mais e eu sinto que o esporte ainda pode fazer algum bem para ele. Você, por outro lado, é responsável e volta ainda mais dedicado após cada punição?.

  • Fez parte da Seleção Brasileira que conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles (EUA), em 1984, como reserva do levantador William.

  • Como técnico, conquistou seu primeiro grande campeonato em 1994. Tratava-se da versão feminina da Liga Mundial de Vôlei, o Grand Prix. A disputa ocorreu na China. Nesse período, engatou um namoro com a jogadora Fernanda Venturini. Os dois se casaram em 1999 e tiveram uma filha juntos. Júlia nasceu em dezembro de 2001.

  • Ele também tem um filho, Bruno, fruto do casamento com a ex-jogadora Vera Mossa. Bruno nasceu em 1986.

  • Durante a Liga Mundial de 2000, quando estava à frente da seleção masculina, colocou o time para treinar em um estacionamento. Em 2004, ele e os atletas tinham 5 horas de espera antes de pegarem a conexão de um vôo. O técnico não titubeou: alugou duas vans e levou o grupo para malhar.

  • "O técnico da seleção brasileira de vôlei masculino, Bernardinho, por exemplo, se entrega de corpo e alma ao seu trabalho (...)." A frase está no livro O Amor é a Melhor Estratégia, de Tim Sanders, o responsável pelo núcleo de criação do bilionário portal Yahoo!.

  • Fundou a ONG para crianças carentes Compartilhar.

  • Supersticioso, Bernardinho prefere a cor azul e gosta de usar os mesmos tênis durante todo o campeonato.

  • Conquistou junto com a Seleção Brasileira masculina a medalha de ouro nas Olimpíadas de Atenas de 2004. Antes, ele e a equipe haviam vencido 12 dos 15 campeonatos das quais participaram.