10 curiosidades sobre o Frankenstein

1. O monstro conhecido como Frankenstein não se chama Frankenstein. Esse é, na verdade, o nome de seu criador. Victor Von Frankenstein, um estudante de química, biologia, filosofia natural e anatomia, construiu um monstro horrível em seu laboratório com pedaços de cadáveres costurados e reanimados com uma descarga elétrica numa noite de tempestade.

2. Ao descobrir que é rejeitada por todos, a criatura resolve se vingar de seu criador. Por onde passa, Frankenstein deixa um rastro de morte e vingança.

3. O livro "Frankenstein" (ou "Prometeu Moderno") é de autoria da inglesa Mary Shelley (1797-1851), publicado em 1818.

4. A idéia surgiu numa noite chuvosa durante suas férias na Suíça. Ela se reuniu com vários amigos, entre eles seu marido, o poeta Percy Bysshe Shelley, e Lorde Byron. Cada um deles teve que escrever um conto de horror.

5. Frankenstein ganhou várias versões cinematográficas. A primeira foi em 1931, com o ator inglês Boris Karloff (1887-1969). A mais recente (1994) teve Robert De Niro no papel principal.

Livro traz curiosidades sobre as invenções humanas

6. Em 1935, o cinema produziu "A noiva de Frankenstein" e, quatro anos depois, "O filho de Frankenstein".

7. Em 1975, Radu Florescu, professor de História do Leste no Boston College, em Massachusetts (Estados Unidos), fez uma revelação: Mary Shelley teria se inspirado no dr. Konrad Dippel (1673-1734).

8. O alemão Dippel era um alquimista famoso por ter inventado, por acaso, o ácido cianídrico. Ele tinha duas idéias fixas: fabricar ouro a partir de metais inferiores e dar vida a defuntos. Dippel foi expulso de Estrasburgo, acusado de exumar corpos "para bizarras experiências anatômicas".

9. Outra coincidência: Dippel brigou com uma família chamada Frankenstein pela posse de um castelo.

10. No ano de 1979, porém, o inglês Peter Haining anunciou outra descoberta: Mary Shelley teria se inspirado no cientista amador Andrew Crosse (1784-1855), autor de audaciosas experiências eletromagnéticas e metalúrgicas. Desse modo, a origem do doutor Frankenstein nunca foi bem solucionada.