Organizações Globo

1925
O jornalista Irineu Marinho morre e deixa para o filho mais velho, Roberto Marinho, então com 21 anos, o recém-criado jornal "O Globo".

1944
Roberto Marinho inaugura a Rádio Globo, do Sistema Globo de Globo. A frente das emissoras, cria o prêmio Operário Padrão e o estágio remunerado para estudantes de jornalismo.

1957
O presidente Juscelino Kubitschek dá a Roberto Marinho a concessão de um canal de televisão no Rio de Janeiro.

1962
A Globo firma um contrato com o grupo norte-americano Time-Life. Ele durou 7 anos, gerou grande polêmica e provocou até uma CPI.

1964
Roberto Marinho compra a "TV Paulista", que foi reestruturada aos poucos para a implantação da "TV Globo" em São Paulo.

1965
É inaugurada a "TV Globo" na rua Von Martius, 22, no Rio de Janeiro, onde antes estava o campo do Carioca Futebol Clube. O locutor Rubens Amaral apresentou a emissora aos cariocas às 10h45 do dia 26 de março. O primeiro programa, um infantil chamado "Uni-Duni-Tê", entrou no ar em seguida. Sete meses depois, Walter Clark assumiu o cargo de diretor-geral do canal.

1966
Vai ao ar o I Festival Internacional da Canção.

1967
José Bonifácio de Oliveira, o Boni, deixa a direção do Telecentro da Tupi para juntar-se à equipe da emissora. Os atores Tarcísio Meira e Glória Menezes estréiam na Globo protagonizando a novela Sangue e Areia.

1968
É inaugurada a nova torre do canal 5 paulista no Pico do Jaraguá, marcando a integração da "TV Paulista" à Rede Globo. Chacrinha entra para o corpo da emissora à frente do programa "Buzina do Chacrinha".

1969
Estreia o Jornal Nacional.

1970
Vai ao ar a novela "Irmãos Coragem", um dos maiores sucessos da teledramaturgia no mundo. A trama foi regravada em 1995.

1972
Começa a ser exibida a série "A Grande Família". Jorge Dória fazia o personagem Lineu, e Eloísa Mafalda, dona Nenê. O humorístico voltou ao ar em 2001. Também estreia o infantil "Vila Sésamo", versão brasileira do norte-americano "Sesame Street". Sônia Braga fez parte do elenco do programa.

1973
Estreia do "Globo Repórter", do "Esporte Espetacular" e do "Fantástico". Entra no ar "O Bem Amado", a primeira novela em cores do Brasil.

1976
A Globo apresenta sua nova logomarca, criada pelos designers Hans Donner e Rudolf Bohn. Entra no ar a novela "Escrava Isaura", que, diante de seu sucesso, acabou sendo exportada para diversos países.

1977
É inaugurada a Fundação Roberto Marinho.

1979
Estreou o seriado "Malu Mulher", estrelado por Regina Duarte. O programa levantou a bandeira da emancipação feminina na sociedade.

1983
Estreia do Vídeo Show.

1986
Estreia do Xou da Xuxa.

1988
Estreou o humorístico "TV Pirata", cujo formato era inovador.

1989
Entrou no ar o programa dominical "Domingão do Faustão", comandado por Fausto Silva.

1991
A Rede Globo entra no ramo da TV por assinatura com a inauguração da Globosat.

1995
O maior centro de produção da América Latina, o Projac, é inaugurado em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A área de 1,3 milhão de metros quadrados abriga estúdios, fábricas de cenários e figurinos, centros de pós-produção, complexo administrativo e galpões de acervo. Teve início a novelinha "Malhação".

1998
Em Porto Seguro, Bahia, tem início o projeto "Brasil 500", com a inauguração de um relógio criado por Hans Donner para a contagem regressiva até a data comemorativa dos 500 anos da chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil. Durante este período, a Globo produziu uma série de eventos especiais. Fátima Bernardes passa a dividir com o marido, William Bonner, a apresentação do Jornal Nacional. Bonner estava no programa desde 1996.

1999
O Projac passa a se chamar Central Globo de Produção. No mesmo ano, é inaugurada a nova sede do telejornalismo em São Paulo, dotada de tecnologia digital.

2002
Estreia a primeira edição do reality show Big Brother Brasil. O programa foi ganho por Kléber Bambam. Heraldo Pereira se torna o primeiro negro a assumir a bancada do Jornal Nacional.

2003
Morre aos 98 anos, vítima de um edema pulmonar, Roberto Marinho, presidente-fundador das Organizações Globo.

2005
A novela "América", de Glória Perez, bateu o recorde de audiência em uma estreia ao alcançar 56 pontos no Ibope.