Metrô


1850
Foi inaugurado no Brooklyn, em Nova York (EUA), um túnel para trens. O Long Island Rail Road possibilitava que trens urbanos e de viagem transitassem sob as ruas. Ele tinha 850 metros de profundidade.

1863
Os ingleses colocaram em funcionamento no dia 10 de janeiro a primeira linha de metrô do mundo. Ela tinha 6,4 quilômetros e operava com trens a vapor.

1890
Os trens elétricos entraram em circulação na linha metroviária londrina.

1900
Teve início as escavações dos túneis de metrô em Nova York (EUA), que se tornaria o maior sistema de transporte subterrâneo do mundo (com 1355 quilômetros). As obras levaram 4 anos e meio para serem finalizadas. Em Paris (França), a recém-criada linha de metrô recebe o nome de Chemin de Fer Métropolitain. A expressão, que com o tempo foi abreviada para métro, passou a batizar os trens que circulavam sob a terra em diversas partes do mundo.

1913
Começou a funcionar em Buenos Aires (Argentina) a primeira linha de metrô da América Latina.

1915
A 7ª Avenida desabou por causa das obras do sistema de metrô em Nova York (EUA). Um bonde acabou caindo dentro do buraco.

1953
O token, a famosa moeda furada que servia de tíquete para o metrô em Nova York (EUA), entrou em circulação. Ele caiu em desuso em 2003.

1968
A prefeitura de São Paulo (SP) criou a Companhia Metropolitana de São Paulo, responsável pela construção e gerenciamento dos metrôs na cidade. As obras da primeira linha teve início 8 meses depois.

1972
O primeiro metrô de São Paulo e do Brasil funcionou experimentalmente durante as comemorações dos 150 anos da proclamação da Independência. O transporte só foi inaugurado 2 anos depois.

1974
Foi realizada a primeira viagem do sistema de metrô paulistano. Ela levou os passageiros da estação Jabaquara para a Saúde.

1979
Entrou em operação o sistema metroviário do Rio de Janeiro (RJ).

1986
Começou a trabalhar a primeira turma de mulheres operadoras de trens metropolitanos, em São Paulo (SP).

1995
300 pessoas morreram quando um carro de metrô pegou fogo em Baku (Azerbaijão), no pior desastre do sistema de transporte subterrâneo da história. O acidente foi atribuído a problemas elétricos, mas havia suspeitas de terem sido bombas.

2000
Foi instalada a primeira máquina de vendas de bilhetes em São Paulo (SP).

2004
Dez bombas colocadas por um grupo terrorista árabe Al-Qaeda explodiram em três estações do metrô de Madri (Espanha). 200 pessoas morreram e outras 1400 foram feridas. Foi inaugurada a estação de metrô mais profunda do mundo. Ela fica em Moscou (Rússia) e está a 100 metros do solo. Para chegar até a plataforma onde passam os trens, se leva 4 minutos (de escada rolante).