Curiosidades do Segundo Reinado

  • O primeiro telefone do país foi instalado em 1876 na residência imperial.
     
  • A seca arrasou o Ceará. Para substituir cavalos e jegues, Pedro II ordenou que fossem trazidos da Argélia animais mais resistentes à estiagem: dromedários. Os 14 animais viajaram 38 dias e chegaram no interior do Estado em 1856. Eles logo se adaptaram e até nasceram 6 filhotes. Quando os tratadores foram embora, porém, os animais ficaram sem os cuidados necessários. Foram contaminados e morreram.
     
  • O governo de Pedro I tinha 10 ministérios, enquanto o de Pedro II contava com 36.
     
  • D. Pedro II mandou construir a Estrada da Graciosa, uma formidável estrada de ferro para unir definitivamente o planalto paranaense ao litoral, da capital Curitiba aos portos das históricas cidades de Antonina e Paranaguá. Finalizada depois de apenas 5 anos de obras, em 1885, a estrada tem 110 quilômetros de trilhos que cortam 13 túneis escavados a picareta na rocha. São ainda 30 pontes metálicas vencendo os desníveis da serra, entre elas a famosa Ponte São João, construída sobre um vão de 55 metros.
     
  • Cerca de 5 mil operários morreram vítimas de acidentes ou de doenças tropicais.
     
  • O último imperador foi o primeiro fotógrafo brasileiro. Com seu apetite genérico pelas invenções revolucionárias do século XIX, não esperou que a máquina fotográfica estivesse à venda na Rua do Ouvidor, número 90. Em março de 1840, comprou por 250 mil réis um aparelho.