10 curiosidades sobre diamantes

1. O diamante é o mineral mais duro do planeta. Na Escala Mohs, que quantifica a dureza dos metais, tem nível 10, que é o máximo. Nenhum mineral ou substância consegue riscá-lo. Por outro lado, ele é muito frágil, e se quebra facilmente. 

2. Os diamantes não são eternos. Eles são compostos de carbono puro, que definha com o tempo.

3. O valor de um diamante é medido por sua cor, pureza, lapidação e peso.

4. Uma confeitaria na Pensilvânia (EUA) produziu, em fevereiro de 2012, um cupcake de 55 mil dólares! Isso porque, bem no meio do doce, vinha escrustado um anel de diamantes de 8 quilates. O lançamento foi feito em comemoração ao Valentine’s Day, o Dia dos Namorados norte-americano. Era uma sugestão para aqueles que pretendiam pedir a mão de seu par em casamento.

5. Das pedras encontradas no mundo, 80% vêm da Angola, Austrália, Botsuana, Namíbia, África do Sul, Rússia e Congo.

6. São necessárias cerca de 250 toneladas de cascalho para extrair um quilate de diamante.

7. Em 1988, nove diamantes foram vendidos em Nova York nas lojas Sotheby’s e Christie’s. Os mais caros saíram por 185.200 dólares e 926.315 dólares por quilate.

8. Uma empresa na Suíça, a Algordanza, oferece uma forma inusitada de guardar uma lembrança especial dos que partiram: a possibilidade de transformar as cinzas resultantes da cremação em diamantes. As cinzas são submetidas a sessões de alta pressão e temperaturas que chegam a até 1.500ºC durante um período de dois a três meses. No Brasil, a primeira a contratar o serviço, em dezembro de 2008, foi Leroy Gaspar da Silva, que transformou em joia as cinzas do marido, Jorge Gaspar da Silva. Dos dois quilos extraídos dos ossos de Jorge, apenas meio foi usado na produção do diamante. O restante das cinzas permaneceu com a esposa. O resultado foi um diamante do tamanho aproximado de uma ervilha, de 0,25 quilates. O custo para fabricar a pedra preciosa a partir das cinzas varia entre 12 mil (0,25 quilates) e 52 mil reais (1 quilate).

9. O imperador indiano Shanh Johan, que mandou construir o Taj Mahal, usou um diamante de 88 quilates na sua cerimônia de coroação, em 1628.

10. O maior diamante do século XXI, a gema Promessa do Lesoto, tem 603 quilates de peso, o equivalente a 120 gramas (o mesmo que uma bola de golfe). Ele tem esse nome porque foi encontrado no Lesoto, um país africano. Foi vendido por 12,4 milhões de dólares em outubro de 2007.