10 curiosidades sobre a realeza

1. O corredor mais comprido do mundo fica na Grande Galeria do Museu do Louvre, em Paris. Foi construído em 1607 pelo rei Henrique IV. Em dias de chuva, o rei ficava andando por ali. Até praticava caça à raposa no corredor.

2. Em 1819, no reinado de Luís XIII, a população de 700 mil habitantes tomou 600 mil banhos, média de menos de 1 banho anual por habitante.

3. Luís XIII tomou seu primeiro banho aos 7 anos de idade, porque na época havia o temor de que a água amolecesse o organismo e impedisse o crescimento das crianças.

4. O rei francês Luís XIV tinha 413 camas. Em sua corte, o prestígio das pessoas era medido pelo peso da cadeira em que lhes era permitido sentar: quanto maior o peso, maior o prestígio. Apenas o rei e a rainha podiam usar cadeiras com braços.

5. Em um jantar normal, o rei Luís XIV comia 4 pratos de sopa, dois faisões inteiros, 2 pedaços de presunto, 1 salada, carne de cabrito com alho, frutas, doces e 1 ovo cozido. Depois que ele morreu, descobriu-se que seu estômago era 2 vezes maior do que um estômago normal.

6. A banheira que Luis XIV mandou instalar no Palácio de Versalhes, por absoluta falta de uso, foi convertida em fonte de jardim.

7. Um pequeno elevador foi instalado no palácio de Versalhes, na França, em 1743. Ligava o quarto do rei Luís XV aos aposentos de sua amante, madame de Châteauroux, no andar de baixo. 

8. A rainha Vitória da Inglaterra não permitia que o trem real viajasse a mais de 45 km/h. Uma vez, ela percebeu que o trem andava a uma velocidade superior a isso, e mandou açoitar e demitir o maquinista.

9. Pedro, o Grande, imperador da Rússia entre 1682 e 1725, era realmente grande: tinha 2,13 metros. Já o temível Átila, rei dos Hunos, media 1,06 metro.

10. Akbar, um imperador indiano do século XVI, usava um jardim inteiro como tabuleiro de xadrez. As peças eram dançarinas de seu palácio. Os jogadores ficavam sentados no alto de uma torre e ordenavam os movimentos às peças vivas.