10 curiosidades sobre Nossa Senhora Aparecida

1. A Imaculada Conceição, também chamada de Nossa Senhora Aparecida, é a padroeira do Brasil. 

2. Em 12 de outubro de 1717, os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves foram encarregados de garantir o almoço do Conde de Assumar, então governador da província de São Paulo, que visitava a vila de Guaratinguetá. Os três lançavam as redes no rio Itaguaçu (hoje rio Paraíba), sem muito sucesso. De repente, recolheram uma peça, em barro cozido, de 36 centímetros de altura. Na segunda tentativa, apareceu a cabeça. Era a imagem de uma santa. Depois disso, dizem que os peixes começaram a aparecer em grande quantidade.

3. Durante 15 anos, Pedroso ficou com a imagem em sua casa, onde recebia vários peregrinos para rezas e novenas. Mais tarde, a família construiu um oratório para a santa. Em 1743, o vigário de Guaratinguetá, José Alves, iniciou a construção de uma capela no alto do Morro dos Coqueiros. A primeira missa foi celebrada em 26 de julho de 1745. Em torno da capela, surgiu a cidade de Aparecida.

4. Depois de várias reformas, a Capela dos Coqueiros foi substituída por uma maior, inaugurada em 8 de dezembro de 1888. A imagem, até então chamada de Aparecida, por ter aparecido nas águas do rio, ganhou o nome de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, em homenagem ao dia de Nossa Senhora da Conceição.

5. Em 8 de setembro de 1904, a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi coroada com autorização papal e, quatro anos mais tarde, o santuário elevou-se à categoria de basílica.

6. O ano de 1928 marcou a passagem do povoado a município e, um ano depois, o papa Pio XI proclamava a santa como Rainha do Brasil e sua padroeira oficial.

7. No dia 15 de maio de 1978, Rogério Marcos de Oliveira, um rapaz que sofria de problemas mentais, entrou na Basílica e destruiu a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Os 165 pedacinhos foram cuidadosamente recolhidos. A artista plástica Maria Helena Chartuni, do Museu de Arte de São Paulo, levou dois meses para restaurar a imagem.

8. A imagem voltou à cidade num carro do Corpo de Bombeiros, seguida por um grande corso de fiéis, no dia 19 de agosto. O avião de um milionário que acompanhava a caravana pelo ar caiu a 300 metros do viaduto que liga a Rodovia Dutra à cidade de Aparecida. Depois disso, a imagem passou a ficar protegida sob uma redoma de vidro à prova de bala.

9. No dia 12 de outubro de 1995, o bispo Sérgio von Helde Luiz, da Igreja Universal do Reino de Deus, chutou uma imagem de Nossa Senhora Aparecida em um programa da TV Record. O pastor foi condenado a dois anos de prisão, no que foi a primeira condenação proferida no Brasil por discriminação religiosa. Ele foi transferido para os Estados Unidos e, como era réu primário, cumpriu a pena em regime semi-aberto.

10. Em abril de 2004, a imagem sofreu mais um golpe na Basílica. O evangélico Francisco Leandro da Silva Filho, de 39 anos, foi detido após atirar duas latinhas de refrigerante contra a imagem que, protegida por um vidro blindado, nada sofreu. Francisco alegou que jogou as latas porque tinha sido impedido de falar com o padre.

Livro fala sobre a força da fé.