10 curiosidades sobre o bacalhau

1. A Igreja recomenda que os fiéis se abstenham de carne durante a Quaresma, período de 40 dias entre a Quarta-Feira de Cinzas e o Domingo da Páscoa, pois a prática evocaria o sacrifício de Cristo pela humanidade. Segundo a Bíblia, Ele teve sua carne imolada para salvar os pecadores. Hoje, porém, as pessoas costumavam evitá-la apenas na Sexta-Feira Santa.

2. Não se sabe muito bem como o bacalhau virou o prato oficial da Páscoa, já que a Igreja permite o consumo de qualquer tipo de peixe. A maioria dos pesquisadores acredita que isto ocorreu por se tratar de um alimento que se conserva por mais tempo. Por isso, é possível transportá-lo para regiões mais distantes.

3. Na verdade, o bacalhau, que é o processo de salgar a carne, batiza quatro tipos diferentes de peixes: imperial, saithe, zarbo e ling.

4. Acredita-se que tenha sido o explorador italiano Pietro Querini o responsável por apresentar, em 1432, o bacalhau aos europeus.

5. Os portugueses conheceram o peixe por volta de 1497, quando chegaram à América do Norte. Sua "descoberta" resolveu um problema sério das expedições marítimas: a conservação dos alimentos durante a viagem.

6. O bacalhau foi trazido para o Brasil no século 19 pela corte de D. João VI.

7. O peixe vive 20 anos e chega a atingir 1,80 metro, e a pesar 20 quilos.

8. O Jornal do Brasil noticiou certa vez que Machado de Assis comia bacalhau todos os domingos.

9. O bacalhau corresponde a cerca de 10% da indústria de peixes do mundo.

10. Uma porção de bacalhau contém 13 gramas de proteína e 58 calorias (das quais, apenas 4 provêm de gorduras). O alimento também é fonte de vitamina C, D, B6 e B12.