5 inimigos do organismo

1. Bactérias: têm uma grande importância na manutenção da vida, mas algumas podem ser grandes vilãs. Penetram no corpo e, encontrando condições favoráveis, multiplicam-se rapidamente. São responsáveis por doenças como tuberculose, difteria, cólera, coqueluche, tétano, escarlatina e pneumonia. O tratamento para esses casos é à base de antibióticos. As bactérias só podem ser vistas com o auxílio de microscópio.

2. Vírus: são os menores seres vivos do mundo. Esses microorganismos atacam o sangue, os tecidos musculares, nervosos e ósseos. Causam o resfriado comum, gripe, poliomielite, varíola, caxumba, sarampo, dengue, raiva, rubéola e febre amarela, entre outras doenças. Em latim, seu nome significa "veneno".

3. Fungos: atacam a pele e provocam enfermidades como a micose.

4. Protozoários: se infiltram no sangue, nos intestinos e em outras regiões do corpo, produzindo doenças como disenterias ou a malária.

5. O próprio corpo: há doenças, no entanto, cuja origem está no mau funcionamento de certos órgãos ou na falta de vitaminas. A diabete é uma moléstia provocada pela insuficiência de insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas, indispensável para a correta utilização do açúcar no organismo. O ataque cardíaco acontece quando uma pequena quantidade de sangue coagula num vaso coronário que fornece sangue aos músculos do coração. As plaquetas de sangue são muito mais atuantes de manhã, e por isso estão mais propensas a produzir os coágulos nesse período.