Faltando menos de um ano para a Copa do Mundo, Neymar certamente é um dos jogadores que mais atraem a atenção do planeta para o seu desempenho nos campos da Rússia. O craque do Paris Saint-Germain já é ídolo das crianças no Brasil e no resto do planeta, e agora vai virar protagonista de livro infantil: “Neymar: a soccer dream come true” (“Neymar: um sonho futebolístico se torna real”, em tradução livre) narra em 32 páginas a trajetória do jogador mais caro do mundo e será lançado em maio de 2018, às vésperas da Copa, depois de uma prévia na Feira Literária de Frankfurt, na Alemanha, que foi realizada entre os dias 11 e 15 de outubro.

Carreira de Neymar vai virar livro infantil em maio (Foto: Divulgação)

A responsabilidade de contar para as crianças a história da estrela da Seleção Brasileira recaiu sobre uma escritora do Irã, país que disputará em 2018 sua quinta Copa do Mundo. Mina Javaherbin saiu de Teerã, a capital iraniana, para morar nos Estados Unidos, onde vive até hoje com o marido e dois filhos. Da paixão das duas crianças pelo futebol surgiu a ideia de escrever o livro “Goal!”, lançado em 2012, que mostrava um grupo de amigos de um vilarejo na África do Sul (sede da Copa dois anos antes) descobrindo o esporte.

À essa altura, Javaherbin já tinha um título publicado: “The Secret Message”, lançado em 2010, que nada tinha a ver com futebol, e sim com a história de uma arara que tenta fugir de um cativeiro. A história de Mina com o Brasil e a literatura futebolística ganharia seu primeiro capítulo em 2014, quando a Copa do Mundo inspirou a iraniana a escrever “Soccer Star” (lançado no Brasil pela Editora Rovelle como “Minha Estrela Vai Brilhar”), a história de um garoto brasileiro pobre que sonha em ser um jogador de futebol. A última publicação da escritora até agora não tem nada a ver com futebol: “Elephant in the Dark” foi lançado em 2015, baseado na obra do poeta indiano Rumi (1207-1273).

As ilustrações do livro sobre Neymar são de responsabilidade de Paul Hoppe, que já ilustrou outras obras infanto-juvenis e trabalha para publicações conceituadas como a revista The New Yorker e os jornais The New York Times e The Wall Street Journal. Hoppe nasceu na Polônia, país que, após ficar de fora das últimas duas Copas, retorna já como cabeça de chave.

Neymar virou personagem da Turma da Mônica em 2012

Ao longo desses oito anos de carreira, Neymar já virou livro algumas vezes. Foram 13 títulos no Brasil e no resto do mundo, como “Neymar Jr. de A a Z”, “Neymar: o Último Poeta do Futebol” e “Neymar: o Sonho Brasileiro”. A mistura entre jogadores de futebol e literatura infantil remonta também à Turma da Mônica, que apostou em épocas diferentes em personagens como o Pelezinho e o Ronaldinho Gaúcho criança. O próprio Neymar já virou amigo da Turma do Limoeiro em uma série de 17 gibis lançada em 2012, quando ele ainda jogava pelo Santos.

  • Share/Bookmark