Hoje é o Dia da Pizza! Quando chegou à Itália, a pizza era o principal alimento dos pobres do Sul do país. Vendida por ambulantes, ela era um prato considerado simples e com ingredientes baratos. Foram os napolitanos que  acrescentaram molho de tomate e orégano à massa, que era dobrada ao meio e comida como sanduíche. Quem podia colocava queijo, lingüiça ou ovos por cima. A partir do século XVI, a novidade passou a ser apreciada também na corte da Nápoles.

A pizza chegou ao Brasil na década de 1950. A pizza era associada a operários e pessoas de uma camada mais pobre da sociedade. Hoje, além de ser um das comidas mais populares do mundo (eu comi ótimas pizzas em Pequim e Joannesburgo!), a pizza ganhou também status de prato requintado.

Os italianos disputam o Campeonato Mundial de Pizza e Pizzaiolos, que é realizado em Milão. Há várias categorias, só que o mais impressionante são os pizzaiolos malabaristas. O que está no vídeo é Jamie Culison, que disputou as finais:

Escolas que ensinam a fazer pizza também têm saído do forno. A International School of Pizza, de Tony Gemignani, fica em São Francisco, nos Estados Unidos, e tem cursos profissionalizantes em seis tipos de massa, como Classic Italian ou Chicago Style. Também estão disponíveis cursos para crianças.

Aqui no Brasil, a Academia da Pizza, em São Paulo, oferece cursos profissionalizantes e consultoria a donos de restaurantes. A cidade também recebe a Fizpizza, feira com venda de ingredientes para pizzaiolos. E claro que esse post só poderia mesmo acabar em pizzaEste fórum é para empresários e funcionários de pizzaria e tem um monte de receitas.

  • Share/Bookmark