Se tem uma coisa da qual não se pode acusar o Bar do Lulu é de falta de criatividade. Localizado no centro da quente e distante Sobral (CE), a 230 quilômetros da capital Fortaleza, o estabelecimento do empresário Luciano Collet já havia se destacado na cidade em 2013, quando passou a promover um evento anual que, com caminhões-pipa e carregamentos de areia, recriou uma praia no meio de uma das ruas do município que tem pouco mais de 200 mil habitantes.

Agora, o Bar do Lulu promete agitar Sobral mais uma vez: no próximo dia 20, o local será a sede de um Campeonato de Gente Feia. A ideia não chega a ser inédita (a cidade de Contagem, em Minas Gerais, realiza há 10 anos um concurso similar, bem como São Vicente Férrer, em Pernambuco, realizou na década de 1990), mas foi absolutamente espontânea. Tudo obra de Jackson Rodrigues, frequentador assíduo do estabelecimento desde sua inauguração (a ponto de sequer se lembrar ao certo há quanto tempo isso aconteceu). A finalidade? Tirar Sobral da mesmice: “Eu estava tomando uma lá no bar, tive a ideia e todo mundo gostou. O país está parado e a cidade também”, lamenta.

Desde então, garante ele, os sobralenses só falam nisso. Apesar de insólito, o concurso foi planejado e promovido com muito cuidado. O vencedor levará 1 mil reais e um troféu, enquanto o segundo e o terceiro mais feios ganharão 500 e 300 reais, respectivamente. Ao responsável por levar para a disputa o grande campeão está reservada uma caixa de cerveja: “Todo mundo quis patrocinar. O dinheiro vem todo daí”, orgulha-se Jackson, agora promotor da competição.
Para garantir a lisura do resultado, Rodrigues explica que os competidores se inscreverão na hora e os cinco julgadores estão em sigilo absoluto: “Ninguém sabe quem vai julgar”, assegura. Ele também obrigará os candidatos a assinar um termo de responsabilidade onde fica claro que a participação é por livre e espontânea vontade, afastando assim a possibilidade de algum deles tomar alguma medida judicial por danos morais ou de imagem.

Aliás, é bom deixar claro: não adianta tentar ficar mais feio só para ter mais chances. Vale a beleza (ou a falta dela) natural: “É sem maquiagem!”, avisa Jackson, que já começa a andar pelas ruas de Sobral tentando descobrir os grandes favoritos ao título. O Bar do Lulu, palco da competição, fica no número 302 da Rua Coronel Mont’alverne.

  • Share/Bookmark