Depois de toda aquela agitação inicial, não estou ouvindo falar mais nada sobre A Banda mais Bonita da Cidade, que teve seis milhões de visualizações de um vídeo no YouTube. Sei que passaram por São Paulo, fizeram um show com casa lotada, mas não ouvi mais a música. Será que os cantores de Curitiba estão fadados a entrar para o rol das bandas de um sucesso só? Só poderemos responder em alguns anos… Se isso acontecer, eles se juntarão a Absyntho, Sempre Livre, Doutor Silvana, Metrô e outras tantas que são lembradas por uma única canção.

Absyntho

Figurinha pop da década de 1980, o vocalista Silvinho tinha o ursinho Blau Blau como confidente. O refrão “Ai de mim, ai/ Ai, Blau Blau/ Ela não me quer” foi um dos mais tocados de 1983. Depois de uma fase barra pesada de drogas, ele se apresentou no Rock in Rio III sob a alcunha de Silvinho Blau Blau e os Pelúcias.

O Espírito da Coisa

Em 1983, foram até aclamados como revelação do rock nacional por causa do sucesso Ligeiramente grávida. O saxofonista Guilherme Brício tocou ainda no Dr. Silvana & Cia e no Fincabaute – aquela do hit Coisa de Maluco.

Dr. Silvana e Cia

A banda estourou com Serão Extra (1986), aquela do inocente refrão “Ela foi dar mamãe/ Foi dar um serão extra/ trabalhou com o patrão”. Ainda existe e lançou seu sexto álbum, “Choco, Choco, Chocolate”, em 2005.

Sempre Livre

Em 1984, bem antes das Spice Girls, essa banda só de mulheres já fazia sucesso com o hit Eu Sou Free, um manifesto feminista da geração new wave. Acabou em 1986, mas a vocalista Dulce Quental se lançou como cantora e compositora.

Herva Doce

“Moreno alto/ Bonito e sensual…” era o refrão mais tocado nos karaokês do país. A banda do sucesso Amante Profissional ganhou fama em 1984 e chegou a gravar 3 clipes diferentes da música. O grupo, acredite, até abriu os shows do Kiss e do Van Halen.

Fausto Fawcett e os Robôs Efêmeros

A banda de Fausto Fawcett (que adotou o sobrenome em homenagem à loura Farrah Fawcett, do seriado As Panteras) chamou a atenção com o hit Kátia Flávia e vendeu 80 mil cópias em 1987.

Metrô

Para ser bem honesto, essa banda não teve um, mas dois sucessos. Formada só por filhos de franceses, emplacou Beat Acelerado e Tudo Pode Mudar, em 1985. A vocalista Virginie Boutaud foi musa da propaganda das fitas Basf e o baterista Danny ficou mais conhecido nos comerciais das camisas US Top. Aquele que recebia do chefe o elogio “Bonita camisa, Fernandinho!”.

Virgulóides

Essa é dos anos 1990. O sucesso Bagulho no Bumba vendeu 200 mil cópias em 1997, mas a banda de samba-rock não durou muito. Lançou mais dois CDs, porém nem a participação especial de Bezerra da Silva e dos Raimundos fez o grupo decolar de novo.

  • Share/Bookmark